Trabalho em Turnos

Visão Geral
O transtorno de trabalho em turnos (Work Shift) acontece quando você tem dificuldades em se ajustar a um horário de trabalho que ocorre durante um período de tempo em que a maioria das pessoas dorme.
Quando você tem um transtorno de trabalho em turnos, há um conflito entre os ritmos circadianos do seu corpo e seu horário de trabalho. Você pode ter que estar no trabalho quando seu corpo quer dormir. Então, quando você tem que dormir, seu corpo espera estar acordado.
Pessoas com distúrbio de trabalho em turnos podem dormir até quatro horas a menos que o trabalhador médio.
Transtorno de trabalho em turno faz com que você tenha problemas para dormir ou estar severamente cansado. A qualidade do sono pode ser ruim, e você pode acordar sentindo-se insatisfeito. Você pode se sentir fatigado ou exausto. Isso pode prejudicar seu desempenho no trabalho e colocá-lo em risco de cometer um erro caro ou de se machucar no trabalho.
Nem todo mundo que trabalha em turnos tem desordem no trabalho por turnos. Muitas pessoas têm dificuldade em se ajustar inicialmente a um novo turno. Se depois de várias semanas tiver dificuldade em adormecer ou permanecer a dormir ou se sentir cansado mesmo após dormir 7-8 horas, poderá ter distúrbio do turno de trabalho.
Os sintomas do transtorno do turno de trabalho geralmente duram desde que você mantenha o horário de trabalho em turnos. Os problemas do sono tendem a desaparecer quando você começa a dormir em um horário normal novamente.
Algumas pessoas podem ter problemas de sono mesmo após o término do horário de trabalho.

Transtorno de trabalho em turnos é um distúrbio do sono ritmo circadiano. Seus ritmos circadianos são o relógio interno do seu corpo que sinaliza quando você deve sentir-se sonolento ou alerta. Seus ritmos circadianos operam em um horário de aproximadamente 24 horas. Seu corpo usa a luz solar para determinar quanto do hormônio melatonina que promove o sono produz.
No distúrbio do turno de trabalho, a produção de melatonina pode ocorrer quando você precisa estar acordado e alerta para o seu trabalho. A exposição à luz solar pode impedi-lo de produzir melatonina quando você deveria dormir.

Existem várias variações de horários de trabalho por turnos que podem causar dificuldades. Isso inclui:
o Turnos de manhã cedo
o Turnos noturnos
o Turnos noturnos
o Turnos rotativos

Algumas pessoas têm mais dificuldade com determinados horários de trabalho em turnos. Corujas noturnas (vespertinos) podem ajustar-se mais facilmente a trabalhar num turno da noite do que em tipos da manhã. Da mesma forma, cotovias da manhã (matutinos) podem ter um tempo mais fácil com turnos de manhã cedo. Muitas pessoas têm dificuldade em se adaptar a turnos noturnos ou rotativos.

Sintomas e Riscos
Transtorno do turno do trabalho torna difícil dormir o suficiente a cada dia. Como resultado, você pode experimentar:
– Sonolência excessiva
– Dificuldade em adormecer ou permanecer dormindo
– Falta de energia
– Dificuldade de concentração
– Dores de cabeça
– Humor ruim e irritabilidade

O transtorno do turno de trabalho também pode aumentar o risco de:
o Lesões relacionadas ao trabalho
o Erros caros no trabalho
o Maior uso de tempo doente
o Acidentes relacionados com a condução sonolenta
o Abuso de substâncias devido ao uso de drogas ou álcool para melhorar o sono
o Riscos de saúde a longo prazo aumentados incluem:
o Infecções frequentes, resfriados e gripe
o Câncer de mama e próstata
o Níveis elevados de colesterol
o Doença cardíaca
o Obesidade

Autoteste e Diagnóstico
– Você tem um cronograma que exige que você trabalhe quando normalmente dormia?
– Você tem problemas para dormir ou está muito cansado devido ao seu horário de trabalho?
– Você já teve esse problema de sono relacionado ao trabalho por pelo menos um mês?
– Esse problema prejudica sua vida social, familiar ou profissional?
Se sua resposta for sim para cada uma dessas perguntas, então você pode ter desordem de trabalho por turnos. Um médico pode lhe fornecer métodos para ajudar seu corpo a se ajustar ao seu horário de trabalho e melhorar seu sono.

O médico provavelmente pedirá que você mantenha um diário do sono por pelo menos duas semanas. Você vai gravar quando for dormir e quando acordar, junto com quanto tempo você ficou acordado devido à dificuldade em dormir. Um diário de sono ajudará seu médico a ver seus hábitos e fornecer pistas sobre o curso do tratamento a ser realizado. O médico precisará conhecer seu histórico médico completo. Certifique-se de informá-lo sobre qualquer uso passado ou presente de medicamentos e medicamentos.

Normalmente, um registro de seus padrões de sono e seu horário de trabalho é informação suficiente. Se o médico suspeitar que outros distúrbios do sono estão causando seus problemas, você pode ter um estudo do sono em laboratório ou um teste de latência múltipla do sono (TLMS).

Tratamento
o Terapia de luz brilhante. Isso envolve exposição a uma luz artificial especial em determinados momentos para ajudar a reforçar o relógio do corpo e facilitar a transição para um novo fuso horário. Agende sessões curtas quando acordar pela primeira vez e ao meio-dia. Você pode usar uma caixa de luz especial, lâmpada de mesa, viseira ou simulador de madrugada para terapia de luz.
o Medicamentos para dormir. Seu médico pode prescrever para você uma pílula para dormir para ajudá-lo a descansar nos momentos adequados. Pílulas para dormir podem ajudá-lo a dormir melhor a curto prazo. Durante um período de tempo, você pode desenvolver uma dependência ou uma tolerância. Muitas pessoas também experimentam efeitos colaterais quando tomam medicamentos para dormir.
o Melatonina. Os suplementos de melatonina podem ajudá-lo a adaptar-se melhor a um horário de trabalho em turnos. A melatonina é um hormônio natural produzido pela glândula pineal do cérebro e considerado um sinal para quando o corpo deve dormir. Pesquisas sugerem que uma dose de 0,5 mg é tão eficaz quanto doses mais altas. Tome melatonina várias horas antes de planejar dormir.

Você também pode seguir estas dicas de sono:

• Se você trabalha em turnos rotativos, peça ao seu gerente para agendar uma rotação no sentido horário. Isso significa que seu novo turno terá um horário de início posterior ao seu último turno. É mais fácil se adaptar a esse tipo de rotação, porque é mais fácil ficar acordado até tarde do que ir para a cama cedo.

• Se possível, tire um cochilo durante uma pausa em seu turno ou antes de relatar para um turno da noite. Mesmo uma soneca de apenas 20 a 30 minutos pode melhorar o seu estado de alerta no trabalho.

• Providencie alguém para buscá-lo depois de um turno da noite, ou pegue um ônibus ou táxi para casa. Condução sonolenta pode colocar sua vida e a vida de outros motoristas em risco.

• Tente manter o mesmo cronograma em dias e dias de folga. Manter uma rotina ajuda seu corpo a saber quando estar alerta e quando dormir.

• Planeje com antecedência uma grande mudança em um cronograma de turnos de trabalho. Comece a alterar o seu tempo de sono com alguns dias de antecedência. Isso facilitará o ajuste do seu corpo.

Veja o exemplo abaixo:

Schedule Sleep Time
Evening Shift (5 p.m. — 1 a.m.) 3 a.m. — 11 a.m.
Night 1 of Transition 5 a.m. — 1 p.m.
Night 2 of Transition 7 a.m. — 3 p.m.
Night 3 of Transition 8 a.m. — 4 p.m.
Night Shift (11 p.m. — 7 a.m.) 9 a.m. — 5 p.m.

– Use quantidades moderadas de cafeína para ajudá-lo a ficar alerta no trabalho.
– Pare de tomar café nas últimas porções do seu turno para que ele não perturbe o seu sono quando for hora de ir para a cama.
– Evite a exposição à luz solar, se você precisar dormir durante o dia.
– Use óculos de sol se precisar ir para fora.
– Certifique-se de que os outros em sua casa estejam cientes do seu horário de trabalho. Eles devem manter a casa quieta quando eles sabem que você precisa dormir.